MOS do Baixo Rio Negro

Informações gerais

Baixo Rio Negro
Mosaico
Federal
Geral
7.329.220 (Portaria - 483 - 14/12/2010)
2010
Baixo Rio Negro
Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade
Consultivo
2010
Javascript is required to view this map.

Município(s) no(s) qual(is) incide a Unidade de Conservação e algumas de suas características

Município População (IBGE 2007) População rural (IBGE 2001) População urbana (IBGE 2001) Estado Área do município (ha) Área da UC no município (ha) Porcentagem da UC no município (%)
Novo Airão 14630 2667 6984 AM 3.777.125 2.076.689 28.14 %
Maraã 17507 12558 4521 AM 1.691.042 636.544 8.62 %
Manaus 1646602 9067 1396768 AM 1.140.106 729.501 9.88 %
Manacapuru 82309 26033 47662 AM 732.923 91.936 1.25 %
Iranduba 32869 22363 9940 AM 221.503 180.645 2.45 %
Codajás 16025 6218 11289 AM 1.871.163 227.233 3.08 %
Coari 65222 27592 39504 AM 5.792.165 316.132 4.28 %
Barcelos 24567 16243 7954 AM 12.247.573 3.111.298 42.15 %
Presidente Figueiredo 24360 9011 8383 AM 2.542.224 10.710 0.15 %

Características

Características

O Mosaico de Áreas Protegidas do Baixo Rio Negro está em processo de reconhecimento e insere-se na Reserva da Biosfera e no Corredor Ecológico da Amazônia Central. A região do baixo rio Negro é caracterizada pela alta diversidade biológica e sociocultural. Além disto, o Mosaico converge com o território da cidadania o que evidencia potenciais de gestão e desenvolvimento territorial sustentável.
A proposta de criação do MBRN surge no âmbito do projeto Corredores Ecológicos. Após muita articulação inter-institucional, o projeto "Mosaico de Áreas Protegidas do baixo rio Negro" foi elaborado e submetido pelo IPÊ-Instituto de Pesquisas Ecológicas ao edital 01/2005 do Fundo Nacional do Meio Ambiente - FNMA.
Participam desta construção as seguintes instituições: ICMBio, SDS, Fundação Vitória Amazônica (FVA), Fundação Almerinda Malaquias (FAM), Secretaria de Meio Ambiente de Manaus (SEMMA), Sindicato dos Trabalhadores Rurais (STRNA), Associação de Pescadores (APNA), Associação de Artesãos (AANA), Fórum Permanente de Defesa das Comunidades Ribeirinhas de Manaus (FOPEC), Associação dos Moradores do Unini (AMORU), WWF-Brasil, Programa Waimiri-Atroari (PWA), Associação de Turismo de Novo Airão, Associação de Piscicultores de Novo Airão, associações comunitárias e comunidades ribeirinhas do Baixo Rio Negro.
A região apresenta um importante cenário biológico, abrigando ecossistemas florestais de grande relevância para a conservação e uso sustentável, como as florestas de igapó, de terra firme, campinas e campinaranas, caatinga-igapós. Esta complexa matriz paisagística oferece à região uma grande biodiversidade, nos níveis ecossistêmicos, de espécies e genética.
FONTE: O mosaico do baixo rio Negro, Thiago Cardoso (IPE), acesso em uc.socioambiental.org, outubro de 2010.

Observações

10ª Reunião do Conselho Consultivo do Mosaico de Áreas Protegidas do Baixo Rio Negro (MBRN), 21 a 22/10/2014.
(DOE AM 22/10/2014)

9ª Reunião do Conselho Consultivo do Mosaico de Áreas Protegidas do Baixo Rio Negro, 31/07/2014 a 01/08/2014.
(DOE AM 30/07/2014)

4o Reunião do Conselho do Mosaico Baixo Rio Negro de 22 a 23/11/2012 (DOE AM).

Reunião do Mosaico Baixo Rio Negro para Assembléia e Posse dos Conselheiros e aprovação do regimento, de 14 a 15/09/2011. (DOE AM 05/10/2011)

Transportar equipe do CEUC que foi realizar levantamento de focos de calor em Rodovias e ramais localizados dentro do perímetro das UCs do Baixo Rio Negro, de 31/08 a 02/09/2010.
(DOE AM 17/09/2010)

Reunião junto a coordenação do CEUC e com ponto focal das UCs do Baixo Rio Negro para expor relatório sobre as atividades executadas pelo escritório de Novo Airão, de 21/06 a 24/06/2010
(DOE AM 19/08/2010)

1" Reunião do Conselho Consecultivo do Mosaico de Unidades de Conservação do Baixo Rio Negro, de 06 a 07/05/2010
(DOE 13/05/2010)


Aspectos Físicos

Sobreposições com outras Unidades de Conservação ou Terras Indígenas

Não pertinente.

Biomas

Bioma % na UC
Amazônia 100.00

Fitofisionomias

Fitofisionomia (excluídos cursos d'água) % na UC
Formações Pioneiras 3.85
Floresta Ombrófila Densa 74.09
Floresta Ombrófila Aberta 5.67
Contato Campinarana-Floresta Ombrófila 13.68

Bacias Hidrográficas

Bacia Hidrográfica % na UC
Japura 16.50
Negro 83.50

Contatos

ICMBio - Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade
EQSW 103/104, Bloco "C", Complexo Administrativo, Setor Sudoeste
CEP: 70.670-350 - Brasília/DF
Tel: (61) 3341-9101
Site: http://www.icmbio.gov.br/


Notícias

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos.

Histórico Jurídico

Tipo de documento Número Ação do documento Data do documento Data de publicaçãoícone de ordenação Observação Documento na íntegra
Portaria 483 Criação 14/12/2010 15/12/2010 Reconhece o Mosaico e institui o conselho e sua composição, delegando uma cadeira a '1 representante dos povos indígenas da região'. Download PDF
Portaria 483 Conselho 14/12/2010 15/12/2010 O Mosaico do Baixo Rio Negro contará com um Conselho Consultivo, que atuará como instância de gestão integrada das unidades de conservação elencadas no art. 1o dessa Portaria. Download PDF

Áreas relacionadas

Nome Completo Instância responsável
APA Margem Direita do Rio Negro Estadual
APA Margem Esquerda do Rio Negro Estadual
RDS do Rio Negro Estadual
PES do Rio Negro Setor Norte Estadual
PES do Rio Negro Setor Sul Estadual
RESEX Rio Unini Federal
PARNA do Jaú Federal
PARNA de Anavilhanas Federal
RDS Amanã Estadual
MOS do Baixo Rio Negro Federal
Estadual


comments powered by Disqus