As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos.

Bagarai - http://bagarai.com.br
26/04/2011
TNC e governo do Estado do Tocantins lancam sistema pioneiro para revitalizacao da gestao de Unidade de Conservacao

Um dos principais desafios para a conservação ambiental nos últimos anos é como realizar a gestão das Unidades de Conservação (UCs) de forma eficaz. Isto porque, mesmo após serem implantadas, muitas UCs se encontram em situação de abandono, deixando de prestar o seu papel de proteção à biodiversidade ali guardada. Esse problema acontece devido à falta de gerenciamento, administração e fiscalização das áreas (muitas vezes prejudicados pela falta de recurso ou profissionais), fator que acaba causando prejuízos aos serviços ambientais que essas áreas fornecem aos seres humanos. Para a resolução desse problema, as UCs necessitam de trabalhos para sua consolidação, que envolvem projetos de conservação, fiscalização, ecoturismo, entre outros.

Com o objetivo de prover soluções para tais questões, a organização ambiental The Nature Conservancy (TNC) e o governo do Estado do Tocantins, lançam no dia 12/05, às 10h, no auditório do IBOPE, em São Paulo, o primeiro sistema na América Latina capaz de gerenciar as UCs, desde os trâmites necessários para sua criação até seu gerenciamento financeiro e administrativo. O Estado do Tocantins é o primeiro estado brasileiro a implantar o sistema na sua totalidade. "Pretendemos replicar essa ferramenta em todo Brasil. A ideia é colaborar com a qualidade da gestão das UCs brasileiras, pois muitas delas sofrem com ameaças externas, como caçadores que buscam suas espécies, ou com as indefinições de seus limites", afirma Henrique Santos, coordenador da Estratégia de Terras Privadas do Programa das Savanas Centrais da TNC.

Intitulado como "Gesto", o Sistema Estadual de Criação e Gestão de UCs do Tocantins é o primeiro que permite a documentação de todos os esforços necessários para a criação e consolidação das UCs. Nele estão disponíveis informações para o público em geral, comunidades do entorno, pesquisadores, investidores e aos próprios gestores das Unidades. "Essa ferramenta ajudará aqueles que se interessam pelas nossas Unidades de Conservação. Isso pode colaborar com a proteção dessas áreas e com o aumento da visitação, que gera renda para as comunidades do entorno das UCs", comemora Divaldo Rezende, secretário do Meio Ambiente e do Desenvolvimento Sustentável, do governo do Estado do Tocantins.

O sistema apresenta informações para visitantes, como fotos e atrativos das áreas, as formas de acesso (por estrada, via fluvial ou pista de pouso), lista de espécies da fauna e flora localizadas, pesquisas geradas na Unidade, entre outras. Além disso, o sistema colabora para o trabalho de fiscalização da área, uma vez que apresenta as rotas de fiscalização e também os pontos de risco para queimadas e pressões externas. O sistema ainda possibilita saber quais são os programas sociais e ambientais existentes ao redor da UC. Entre as Unidades que já fazem parte do sistema estão os Parques Estaduais do Jalapão, do Cantão e do Lageado.

As Unidades de Conservação (UCs)

Boa parte da sociedade não sabe ao certo o que é exatamente uma Unidade de Conservação (UC), como as citadas acima. Muitas delas são lugares bem conhecidos por turistas e que aparecem em canais de televisão, mas que poucos sabem o que são. Um exemplo é o Parque Estadual do Jalapão, no Tocantins, onde recentemente foram gravados os últimos capítulos da novela Araguaia, da TV Globo, que também levou nome de outra UC, o Parque Nacional do Araguaia. Há ainda outras UCs bem famosas, como o Parque Nacional do Iguaçu (PR) e o Parque Nacional do Pantanal Matogrossense (MT). "Mesmo que sejam áreas famosas e muito visitadas, as pessoas não sabem que são Unidades de Conservação e os benefícios que trazem a sociedade. Essas áreas não fornecem apenas as belezas cênicas que todos já conhecem, mas também detém uma importante Biodiversidade, que fornece produtos medicinais e equilíbrio das espécies, água limpa e de boa qualidade, entre outros benefícios," conclui Divaldo Rezende.

http://bagarai.com.br/tnc-e-governo-do-estado-do-tocantins-lancam-sistem...