As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos.

ICMBio - www.icmbio.gov.br
28/08/2009
Prevfogo confirma incendio florestal no Parque Nacional do Araguaia

O Parque Nacional (Parna) do Araguaia, no estado do Tocantins, continua em estado de alerta vermelho (confirmação de incêndio), segundo o boletim divulgado nesta quinta (27) pelo Centro Nacional de Prevenção e Combate a Incêndios Florestais (Prevfogo), do Ibama. O Parna do Araguaia está em alerta vermelho desde o dia 24, com o último foco de calor detectado no dia 25.

A unidade informou que não foi possível contato com a Fundação Nacional do Índio (FUNAI) para garantir a segurança dos brigadistas. A brigada do Prevfogo foi dispensada e a avaliação do incêndio será feita apenas pela equipe de fiscais do Parque. Se necessário a brigada do Prevfogo será acionada após a avaliação.

Algumas unidades foram caracterizadas como estado de alerta amarelo (detecção de foco de calor no interior ou na zona de amortecimento). Entre elas, o Parna Montanhas do Tumucumaque, em Amapá, Parna Mapinguari, no Amazonas, Parnas Chapada das Mesas e dos Lençóis Maranhenses, no estado do Maranhão, e Parna do Juruena, no Mato Grosso.

No Estado do Pará, foram caracterizados como alerta amarelo a Estação Ecológica (Esec) da Terra do Meio, Floresta Nacional (Flona) de Altamira, Flona do Amaná, Flona do Crepori, Flona de Itaituba II, Flona do Jamanxim, Flona Tapajós, Flona do Trairão, Parna da Amazônia, Parna da Serra do Pardo, Parna do Jamanxim, Parna do Rio Novo, Reserva Biológica (Rebio) Nascentes da Serra do Cachimbo e Rebio do Tapirapé.

Foram indicados também em alerta amarelo o Parna das Nascentes do Rio Parnaíba, no Piauí, e a Esec de Cuniã e o Parna dos Campos Amazônicos, em Rondônia. O boletim destacou algumas unidades que saíram do estado de alerta: Esec de Uruçuí Una, no Piauí, Flona Bom Futuro, em Rondônia, e Esec Serra Geral do Tocantins, no Tocantins.