As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos.

ICMBio - www.icmbio.gov.br
22/07/2008
Parque Nacional do Cabo Orange trata de planos de cooperacao com Guiana Francesa

Equipe do Parque Nacional do Cabo Orange, no Amapá, esteve presente, no período de 12 a 19 de julho, na Guiana Francesa a convite da Marinha Nacional Francesa, da Agência de Assuntos Marítimos da França e da empresa de turismo Yatoutatou, para tratar de planos de cooperação nas áreas de fiscalização marinha e turismo, já em curso.

O novo comandante da Marinha Nacional Francesa foi apresentado à equipe do parque, formada pelo chefe em exercício, Ricardo Motta Pires, e pela analista ambiental Kelly Bonach, durante almoço na residência oficial do Comando Marítimo, em Cayenne.

Após o almoço, a equipe do parque participou de uma reunião com o Estado Maior da Guiana e, em seguida, acompanhou uma missão de fiscalização da Marinha Francesa a bordo do barco La Capricieuse. Durante esta missão, a equipe francesa visualizou 12 embarcações na área da Guiana próxima à fronteira, provavelmente de origem brasileira, ocasião em que uma embarcação foi apreendida - o barco M.R.Leal, de Belém do Pará.

No dia 18, a equipe participou da visita do ministro de Agricultura e Pesca da França à Base Naval Dégrad-des-Cannes, onde puderam conversar com o ministro sobre a necessidade de conservação do ambiente transfronteiriço, visto que o estoque pesqueiro da Guiana advém, em grande parte, do Parna do Cabo Orange, reúne um grande berçário de diversas espécies de peixes, o que fortalece a economia guianense.

Entre os principais temas discutidos pelo grupo na reunião com os parceiros franceses da área marítima estava a intenção de dar prosseguimento à ação conjunta das forças brasileiras (Parna do Cabo Orange, Escritório Regional do Ibama em Oiapoque, Polícia Federal e Marinha Brasileira) com as forças francesas (Marinha Nacional, Agência de Assuntos Marítimos e Polícia Marítima) na área marinha da fronteira Brasil-Guiana Francesa.

Ainda dentro dos planos de cooperação com a Guiana Francesa, o Parna do Cabo Orange esteve em reunião com a empresa de turismo guianense Yatoutatou, em Roura, para a redação final do Projeto Tartaruga Imbricata (Turismo de Base Comunitária), uma parceria do parque com as comunidades ribeirinhas e com a empresa guianense.

O projeto vem comprovar a intenção do parque de fomentar novas alternativas de renda para os pescadores da região do Oiapoque e para as comunidades do entorno da unidade de conservação, desestimulando a pesca ilegal dentro da UC e na Guiana Francesa.