As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos.

MMA - www.mma.gov.br
13/08/2010
Ministra do Meio Ambiente sobrevoa parques nacionais atingidos pelo fogo

Um incêndio que começou na segunda-feira (9) só foi controlado nessa quinta-feira (12), mas deixou estragos em pelo menos 30 mil hectares do Parque Nacional da Serra Geral, no Tocantins. Não ficou só nisso. Um novo foco começou ontem à tarde, próximo a cidade de Mateiros, mas está sendo controlado pelas brigadas e pelos dois aviões enviados para o local. A ministra do Meio Ambiente, Izabella Teixeira, acompanhada do presidente do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), fará uma sobrevôo neste domingo (15) para avaliar a situação na área.

A persistência das queimadas na região conhecida como Corredor Ecológico do Jalapão (uma área de mais de 2 milhões de hectares que compreende os Parques Nacionais da Serra Geral e do Parnaíba, o Parque Estadual do Jalapão e a APA do Jalapão) levou a uma ação conjunta entre o Instituto Chico Mendes, o Ibama e a Naturatins, órgão ambiental do estado, na prevenção e combate ao fogo.

Uma sala de situação foi montada em Mateiros, na sede do parque, e imediatamente foram convocados cerca de 70 brigadistas: 35 da Serra Geral, 14 do Prevfogo, 14 da brigada de Ponte Alta e o restante do parque estadual. Essa equipe conta com um avião para monitoramento da área, com objetivo de detectar mais rapidamente os incêndios, e dois aviões de combate equipados com tanques de 3 mil litros e 2 mil litros de água, cada.

No Parque Nacional do Araguaia foram detectados focos de incêndios desde ontem, mas a brigada de combate não estava conseguindo acessar a ilha por conta de conflitos com as populações indígenas locais. Somente após reunião entre representantes do Ministério Público, Funai, Parque Nacional e a comunidade indígena foi acertado o acesso ao parque. O combate ao fogo na área está sendo feito por brigada conjunta do Prevfogo e Corpo de Bombeiros do Tocantins.

No Parque Nacional das Emas, em Goiás, a situação é mais crítica. O fogo começou ontem cedo, vindo de uma fazenda limítrofe, depois que os fortes ventos lançaram as chamas sobre o aceiro de 100 metros de largura, atingindo a área do parque. À noite, o fogo já estava sob controle, mas hoje cedo um novo foco teve início. Além do pessoal do Instituto Chico Mendes (40 brigadistas), o fogo está sendo combatido por brigadas do Corpo de Bombeiros de Mineiros e de Goiânia, além de 20 brigadistas do Parque Nacional de Brasília e da Reserva Biológica da Contagem. Dois aviões de combate a incêndios também estão auxiliando as ações de quase 100 homens na luta contra o fogo que já consumiu mais de 60 mil hectares do parque.

No Parque Nacional de Itatiaia, o fogo começou na parte alta. Cerca de 60 brigadistas estão em ação, auxiliados pelo pessoal dos parques de Serra dos Órgãos e da Tijuca, que contam com apoio de uma aeronave do Corpo de Bombeiros do Rio de Janeiro.

http://www.mma.gov.br/sitio/index.php?ido=ascom.noticiaMMA&idEstrutura=8...