As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos.

MMA - www.mma.gov.br
17/08/2010
Mais tres incendios florestais extintos

Mais três incêndios florestais foram extintos entre ontem (16) e hoje (17), na Terra Indígena Enawenê-Nawê (MT), Parque Nacional das Emas (GO) e Serra Geral do Tocantins (TO).

Já estão sob controle os incêndios no Parque Indígena do Xingu (MT), Parque Nacional Itatiaia (RJ), Parque Nacional das Nascentes do Rio Parnaíba (PI) e, em Tocantins, no Parque Estadual Serra do Lajeado, Serra do Lajeado e Serra do Carmo. Os dados são do Centro Nacional de Combate e Prevenção aos Incêndios Florestais do Ibama (Prevfogo), que informou ainda ter sido proposta a implementação de um Centro Integrado Multiagência (Ciman) para combater os incêndios no Pará.

Em comparação com os últimos dez anos, 2010 é o ano que possui a terceira maior incidência de focos de incêndio registrados entre os dias 1 de janeiro e 16 de agosto. São mais de 235 mil, um resultado 197% maior do que o ano de 2009 (79 mil). Somente os 17 primeiros dias de agosto deste ano concentraram 114 mil focos. Os outros anos de maior incidência foram 2004 (316 mil) e 2005 (243 mil). O ano 2000 foi o que apresentou a menor quantidade de focos, com apenas 20 mil para o período analisado. Esses dados fazem parte de um relatório elaborado pelo Prevfogo para análise da situação dos incêndios florestais.

Desde o início de agosto, os estados que possuem mais focos de calor mostrados por satélite são Pará (32,8 mil), Mato Grosso (25,5 mil), Tocantins (15,2 mil), Rondônia (6,1 mil) e Maranhão (5,9 mil). São 621 brigadistas do Prevfogo trabalhando diretamente no combate aos incêndios, além de helicóptero, viaturas e equipamentos do Ibama. As instituições parceiras (ICMBio, Defesa Civil, Organizações Estaduais de Meio Ambiente e Funai) possuem mais 300 homens no combate, que também conta a ajuda de nove aviões cisterna. Outros 275 brigadistas estão atuando em diversos municípios em ação preventiva.

http://www.mma.gov.br/sitio/index.php?ido=ascom.noticiaMMA&idEstrutura=8...