As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos.

Radioagencia Nacional - http://radioagencianacional.ebc.com.br/
05/06/2017
Governo amplia tres unidades de conservacao federais e cria parque nacional no Para

A partir de agora, o país passa a ter mais 347 mil hectares de áreas protegidas. No Dia Mundial do Meio Ambiente, o presidente Michel Temer assinou decretos para ampliação de três unidades de conservação federais: o Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros, em Goiás, a Estação Ecológica do Taim, no Rio Grande do Sul, e a Reserva Biológica da União, no Rio de Janeiro.

Além disso, também foi criado o Parque Nacional dos Campos Ferruginosos, no Pará. Segundo Temer, o compromisso do governo tem sido colocar o país nos trilhos com respeito ao meio ambiente.

Atualmente, o Brasil tem 79 milhões de hectares de áreas de preservação ambiental. O número representa cerca de 10% de todo o território nacional.

Nesta segunda-feira, também foi criado o programa Plantadores de Rios para recuperar rios e nascentes. A iniciativa lança um dispositivo que coloca em contato proprietários de imóveis rurais inscritos no Sistema de Cadastro Ambiental Rural e instituições que queiram investir na proteção e na recuperação de florestas.

De acordo com o ministro do Meio Ambiente, Sarney Filho, os anúncios mostram que o país dá um passo firme na questão da sustentabilidade.

O ministro também comentou as propostas aprovadas no Congresso Nacional que alteram os limites da Floresta Nacional de Jamanxim e do Parque Nacional de Jamanxim, no Pará.

Entidades da sociedade civil e o próprio Ministério já pediram veto aos textos. Sarney Filho afirmou que conversou com Temer e acredita que o presidente vai vetar as medidas.

Também nesta segunda-feira, Temer assinou o decreto que trata do Acordo de Paris sobre Mudança do Clima. Com o decreto, o acordo é incluído na legislação brasileira. O pacto foi ratificado pelo Brasil em setembro do ano passado e entrou em vigor em novembro.

http://radioagencianacional.ebc.com.br/geral/audio/2017-06/governo-ampli...