As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos.

ICMBio - http://www.icmbio.gov.br/
12/11/2013
Esec do Taim celebra termo de reciprocidade com a Embrapa

Foi assinado nesta segunda-feira (11), um termo de reciprocidade entre a Embrapa Clima Temperado, em Pelotas (RS), o Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) e a Estação Ecológica do Taim (Esec Taim), na sede da Empresa. O ato foi prestigiado por instituições parceiras, lideranças da comunidade, ligadas aos municípios que envolvem o entorno do Taim, além de produtores oriundos daquela localidade. O termo de reciprocidade visa o desenvolvimento de ações conjuntas entre as instituições em prol da Estação Ecológica do Taim.

O presidente do ICMBio, Roberto Vizentin falou do momento de olhar não só para dentro da Instituição, no caso, da Esec Taim, mas para seu entorno. "Não somente as delimitações físicas, mas é preciso agrupar concepções, ideias e ter um olhar para além desses limites demográficos. É preciso relevar quem vive lá dentro, para que serve uma unidade de conservação", falou. Vizentin colocou a Esec Taim como "um farol ao sinalizar uma luz", como forma de se trabalhar com os públicos envolvidos neste ambiente: a reserva, seus projetos, e a comunidade que interdepende desse espaço. Ele propôs que todos os produtores rurais que fazem parte do Plano de Manejo para Zona de Amortecimento, que realizem seu cadastro ambiental, proposto pelo Ministério do Meio Ambiente (MMA), onde a Esec Taim vai dar uma estrutura de apoio para realização desta atividade.

O chefe da Estação Ecológica do Taim, Henrique Ilha, falou animado sobre a importância de refletir junto a sociedade, em busca de causas nobres como a conservação ambiental e como o respeito merecido, que os produtores devem receber pelo serviços ambientais produzidos ao longo de anos. "Estamos comprando os problemas dos produtores e estamos com as lideranças, enxergando as possibilidades e oportunidades", desafiou. Henrique Ilha anunciou a liberação de R$ 300 mil, oriundos de recursos de compensação ambiental da CGTEE, de Candiota (RS), para iniciar as atividades de implementação do Plano de Manejo e realizar o mapeamento de solos e as atividades que envolvam a adoção de Boas Práticas Agrícolas (BPAs).

O chefe-geral da Empraba, Clenio Pillon, falou do ano estratégico da Empresa, seus 40 anos e o quanto de realizações e transformações foram ocorrendo ao longo desse tempo na agricultura brasileira. "Temos um olhar para as potencialidades desse local que é um grande repositório da biodiversidade desta região", disse. Pillon assumiu o comprometimento da Empresa diante do desenvolvimento da ecologização dos sistemas de produção ao se propor a identificação de variáveis dos serviços ambientais das propriedades que compõem o Entorno do Taim.

O presidente da Associação de Produtores Rurais de Curral Alto e Albardão (Entorno do Taim), Claudio Roberto da Silva, expôs que as tratativas entre os 10 produtores, onde estão sendo incluídos mais interessados, vem ganhando um clima de confiança."Os produtores revelam vontade, e isso, é primordial", confirmou. "O que nos falta é mais conhecimento técnico e a Embrapa vai nos apoiar na incorporação de tecnologias", avaliou.

http://www.icmbio.gov.br/portal/comunicacao/noticias/4-destaques/4480-es...