As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos.

Cruzeiro do Sul - http://www.cruzeirodosul.inf.br
01/05/2014
Criada frente para evitar degradacao da Floresta Nacional

As recentes intervenções dentro da Floresta Nacional de Ipanema (Flona), particularmente a tentativa de retomada da exploração de minério por parte de duas companhias, determinaram a criação e lançamento no câmpus local da Universidade Federal de São Carlos (UFSCar) da Coalizão em Defesa da Flona.

A atividade, promovida pelo Núcleo de Agroecologia Apêtê-Caapuã (NAAC) aconteceu dentro da programação do 4o Abril Vermelho, como foi chamado o massacre de Eldorado dos Carajás.

A frente, integrada por organizações e movimentos sociais, pretende, conforme seu porta-voz, Bruno Franques, se engajar na luta para evitar a depredação do espaço. Num manifesto divulgado ontem, o grupo denuncia, também, ações como o recurso da Prefeitura de Sorocaba contra a decisão que a impede de instalar no local o aterro sanitário e o projeto de construção de um reator multipropósito pelo Centro Tecnológico da Marinha em Aramar.

A Coalizão critica ainda o tratamento aos assentados desde 1992 na Fazenda Ipanema, como "invasores", por diversos órgãos como o Ibama. O coletivo assume posição favorável à reforma agrária, à agricultura familiar e à produção agrícola de base ecológica, além de apoiar a permanência de camponeses, assentados, quilombolas, indígenas e demais povos tradicionais em Áreas de Proteção Permanentes (APPs), com a devida assistência técnica.

Na terça-feira, a deputada federal Iara Bernardi (PT) se reuniu em Brasília com o Diretor de Criação e Manejo de Unidades de Conservação do Instituto Chico Mendes de Conservação e Biodiversidade (ICMBio), Sergio Brandt Rocha, segundo quem a legislação em vigor proíbe a retomada das outorgas às mineradoras que buscam dar continuidade ao trabalho a partir de medida encaminhada à Justiça. Conforme a parlamentar, o órgão estuda medida judicial com a qual poderá ingressar, se necessário, para evitar que a Flona sofra com a degradação ambiental.

http://www.cruzeirodosul.inf.br/materia/544650/criada-frente-para-evitar...