As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos.

ICMBio - http://www.icmbio.gov.br
12/08/2011
Aprovado Plano de Manejo Participativo para a Reserva Extrativista do Rio Unini

Com o objetivo de discutir e aprovar o Plano de Manejo participativo da Reserva Extrativista (Resex) do Rio Unini, Unidade de Conservação (UC) sob gestão do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), o Conselho Deliberativo da UC esteve reunido para sua sexta reunião ordinária. O encontro ocorreu nos dias 7 e 8 de agosto, na cidade de Novo Airão, no Amazonas. Na ocasião, além do documento foi aprovado também o logotipo da Resex, elaborado pela consultora Érica Bettiol com a participação dos moradores do rio Unini.

Segundo a chefe da Resex do Unini, Ana Flávia Ceregatti Zingra Tinto, a equipe da unidade se dedicou integralmente à elaboração do Plano no último semestre e a aprovação do documento é uma realização para todos. "Além das atividades planejadas, que refletem o Plano de Uso, as atividades em implementação na UC e as demandas das comunidades, foram traçadas importantes estratégias de gestão da Resex, que preza, especialmente, pela gestão participativa com a sociedade local e comunidades, e gestão integrada com as demais UCs do baixo rio Negro", afirmou.

Ela ressaltou que a bacia do rio Unini tem a oportunidade de realizar um bom trabalho de conservação e sustentabilidade na Amazônia, pois as comunidades apóiam e participam da gestão das UCs. "Trata-se de um rio muito bem preservado, graças à presença dos moradores e integração com os órgãos gestores. O Plano de Manejo é um sonho realizado, pois agora temos um documento que guiará a gestão da UC de modo participativo e integrado. E para coroar essa alegria, agora temos uma logomarca que representa bem a Resex do Unini", complementou Ana Flávia.

Para Edmilson Fragoso, conselheiro representante da comunidade Tapiíra e beneficiário da Resex do Unini, a aprovação do Plano de Manejo da unidade é um passo importante. "Trabalhamos bastante tempo na elaboração desse documento e esperamos que sirva muito para os moradores se guiar e trabalhar com os produtos extrativistas de modo sustentável na Unidade de Conservação. A esperança é de que, ao invés de diminuir, aumente essa produção. Estamos otimistas porque sempre quisemos ter uma Resex modelo para o resto do país", declarou.

Além dos conselheiros estiveram presentes comunitários da Floresta Nacional (Flona) de Tefé e servidores do Instituto que por meio de intercâmbio acompanharam o processo de aprovação do Plano de Manejo Participativo. Esta foi uma forma de capacitação dos integrantes do grupo de trabalho que desenvolvem o Plano da Unidade que está em sua fase inicial.

"Pra nós, da Flona Tefé, é uma honra poder acompanhar esse momento tão importante da implementação da Resex do Unini. O caráter participativo que marca o processo de elaboração do Plano de Manejo do Unidade é um exemplo que queremos seguir. Mesmo tendo um Conselho Consultivo acreditamos que a participação das comunidades é fundamental para que tenhamos um Plano que vá servir adequadamente aos objetivos da Unidade", afirmou Gabriella Calixto, analista ambiental.

Para celebrar o acontecimento foi lançado o livro "Unini: o rio da sustentabilidade", desenvolvido pela Fundação Vitória Amazônica (FVA). Exemplares da publicação foram distribuídos para os presentes e para cada família do rio Unini, que deverá ser entregue através dos conselheiros das comunidades. Houve exibição do vídeo "Turismo de Base Comunitária na Reserva Extrativista do Rio Unini", produto do projeto também desenvolvido pela FVA em parceria com o ICMBio, intitulado "Fortalecendo o Turismo de Base Comunitária na Reserva Extrativista do Rio Unini e seu entorno".

Encerrando as atividades do Conselho da RESEX do Unini foi aplicado o Sistema de Indicadores de Sustentabilidade Socioambiental de Unidades de Conservação (SISSUC) desenvolvido pelo ISA e outras instituições parceiras, aplicado ainda ao Conselho Consultivo do Parque Nacional do Jaú.

http://www.icmbio.gov.br/comunicacao/noticias/20-geral/1715-aprovado-pla...