Comunitários ainda têm dúvidas sobre criação da Resex no rio Jauaperi

Portal Amazônia - http://portalamazonia.globo.com - 07/11/2008
A expedição Mariuá-Jauaperi, realizada pela WWF-Brasil, esteve na manhã de ontem (5), na comunidade Itaquera (RR), no rio Jauaperi. No local, os pesquisadores e acompanhantes da expedição se reuniram com mais de 70 comunitários para falar sobre as vantagens e desvantagens da criação da Reserva Extrativista Baixo Rio Branco-Jauaperi.

Segundo relatou a jornalista Ana Cíntia Guazzelli, que acompanha a expedição, ainda há muita dúvida entre os comunitários. "Ao que tudo indica, grupos contrários à criação desta unidade de conservação pregam aos comunitários falsas informações sobre as conseqüências negativas que recairão sobre eles caso seja criada uma Resex na região", informou no blog da expedição.

A área proposta para criação da Resex está localizada entre as calhas dos rios Jauaperi, Negro e Branco. Pertence a dois estados: Amazonas e Roraima, cuja divisa é o rio Jauaperi, abrangendo 10 comunidades: Xixuaú, Samaúma, Itaquera, Floresta, Dona Cota e Remanso, pertencentes ao município de Rorainópolis, estado de Roraima e São Pedro, Palestina, Tanauaú e Gaspar, situadas no município de Novo Airão, Amazonas.

Situação de abandono

Segundo Ana Cíntia Guazzelli, a ausência do estado é evidente em todas as comunidades por onde o barco da expedição já passou. Poucas comunidades contam com escola e professores.

- A gente se sente abandonado, sem escola, sem direito à saúde, sem meio de transporte, sem comunicação, sem luz...- lamentou Rodrigo Alves Barros, de 31 anos, morador da comunidade de Tanauaú, interior do Amazonas.

Estudos indicam que a região do baixo rio Branco e Jauaperi é rica em madeira ainda pouco explorada. Por contar com belas paisagens e grande variedade de pescados, ela também é alvo de exploração turística, além da pesca comercial, que foi praticada durante vários anos seguidos nas calhas destes rios, provocando drástica diminuição da fauna pesqueira local.

Melhoria de vida

- O objetivo principal dos integrantes da expedição é mostrar para os moradores desta região durante as reuniões, que a criação da Resex Baixo Rio Branco-Jauaperi se apresenta como a melhor solução para lhes garantir a permanência nas terras onde vivem e conseqüente melhoria na qualidade de suas vidas, com geração de renda através de projetos sustentáveis - conclui a jornalista.
UC:Reserva Extrativista

Related Protected Areas:

  • UC Baixo Rio Branco-Jauaperi
  •  

    As notícias publicadas neste site são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.

Our sites


Visit the other platforms developed by the Protected Areas Monitoring Program of the Instituto Socioambiental.

Support


This platform would not be possible without the help of our supporters.

Gordon and Betty Moore Foundation
 
© Todos os direitos reservados. Para reprodução de trechos de textos é necessário citar o autor (quando houver) e o site (Unidades de Conservação no Brasil/Instituto Socioambiental - https://uc.socioambiental.org) e data de acesso. A reprodução de fotos e ilustrações não é permitida. Entre em contato para solicitações comerciais de uso do conteúdo.