Empresário nada 12 horas sem parar pela criação de Parque Marinho no litoral norte de S.Paulo

Portal Novidade - http://www2.portalnovidade.com.br/ - 13/07/2016
O feito de 40 km, inédito no Brasil, foi realizado por Ricardo Oliveira, para voltar as atenções para o arquipélago de Alcatrazes, ilhas de extrema importância para a reprodução de peixes e pássaros


O empresário Ricardo Augusto de Oliveira, de 48 anos, acaba de realizar um feito ainda inédito no Brasil: na madrugada do último dia 1o de abril, ele caiu na água para atravessar a nado a distância de 40 km entre a praia de Camburi e o limite legal do arquipélago de Alcatrazes, no litoral norte de São Paulo.

O desafio, que tem aproximadamente a mesma distância da travessia do Canal da Mancha, braço de mar que liga o sul da Inglaterra ao norte da França, teve o principal objetivo de voltar as atenções da sociedade para a importância do conjunto de ilhotas, que são de extrema importância para a reprodução de peixes e pássaros.

Morador do município de São Sebastião há mais de 18 anos, Ricardo está preocupado com a devastação da fauna e flora da região, especificamente do arquipélago, e luta pela criação de um parque nacional marinho, como forma de preservar a biodiversidade existente no local. "Queremos também homologar o percurso junto aos órgãos governamentais", completa.

Acompanhado por seu treinador, Álvaro Coleoni, e uma equipe de apoio que contou com médico, preparador físico, nutricionista e amigos que o acompanharam durante o treinamento, Ricardo nadou durante exatamente 12 horas. "Caí na água às 5 horas da manhã e passei o dia todo nadando sem parar. Vi o sol nascer e morrer na minha cabeça. Isso foi incrível!", relata.

A performance exigiu de Ricardo, que não é atleta profissional, treinos diários de três a quatro horas durante seis dias por semana, por mais de dois anos. Ele conta que, entre seus treinos, foi o primeiro homem a chegar nadando, a partir da costa de São Sebastião, na ilha Montão de Trigo, numa distância de quase 13 km de mar aberto; cruzou também o canal de Ilhabela e, evolutivamente, já fez, por três anos seguidos, a Travessia 14 Bis, de 24 km que liga Bertioga a Santos.

"Agora, quero convidar outras pessoas com a mesma energia e disposição para este desafio pessoal. Ele é possível! E eu estou disposto a ajudar no que for preciso. Este trecho do nosso litoral deve ser muito bem preservado para que, inclusive, possa ser usufruído por todos".



http://www2.portalnovidade.com.br/empresario-nada-12-horas-sem-parar-pela-criacao-de-parque-marinho-no-litoral-norte-de-s-paulo/
Movimento Ecológico

Related Protected Areas:

  • UC Arquipélago de Alcatrazes
  •  

    As notícias publicadas neste site são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.

Our sites


Visit the other platforms developed by the Protected Areas Monitoring Program of the Instituto Socioambiental.

Support


This platform would not be possible without the help of our supporters.

Gordon and Betty Moore Foundation
 
© Todos os direitos reservados. Para reprodução de trechos de textos é necessário citar o autor (quando houver) e o site (Unidades de Conservação no Brasil/Instituto Socioambiental - https://uc.socioambiental.org) e data de acesso. A reprodução de fotos e ilustrações não é permitida. Entre em contato para solicitações comerciais de uso do conteúdo.