Biomas, bacias hidrográficas e fitofisionomia

Nesta seção apresentamos cômputos temáticos sobre biomas, bacias hidrográficas e fitofisionomias das Unidades de Conservação federais no Brasil. Para acessar as mesmas informações referentes às Unidades de Conservação federais na Amazônia Legal, acesse aqui.

Se você procura informações mais detalhadas sobre alguma Unidade de Conservação específica, pesquisas poder ser feitas aqui.

UCs federais por bioma no Brasil

 Este cômputo apresenta a quantidade total de Unidades de Conservação federais no Brasil, por bioma. As Unidades de Conservação incidentes em mais de um bioma, são computadas em cada uma das ocorrências, assim a somatória simples não reflete o número total de Unidades de Conservação. A extensa maioria das UCs federais, tanto em número quanto em extensão, encontra-se no bioma Amazônico. Os biomas Zona Costeira e Marítima, Pampa e Caatinga são os menos protegidos.

 
Biome Qty Sustainable Use CAs Total Area Sustainable Use (ha) Qty Full Protection CAs Total Area Full Protection (ha)
Amazônia 87 30.156.044 43 31.471.400
Caatinga 8 62.586 17 1.146.955
Cerrado 18 140.500 22 4.569.946
Mata Atlântica 35 112.907 52 1.188.546
Pampa 0 0 2 68.866
Pantanal 0 0 2 147.773
Zona Costeira e Marítima 25 982.806 21 12.132.469

 

Conservation Areas located in more than one biome are computed for each biome: consequently the combined total occurrences exceed the total number of existing Conservation Areas.

Conservation Units from the APA category (Protected Environmental Area) are not included in this calculation.


SOURCE: Instituto Socioambiental/Protected Areas Monitoring Program - SisArp (Protected Areas System) - 10/01/2019. Based on the cartographic database of Conservation Areas produced by ISA and the biome database of the Brazilian Institute of Geography and Statistics (IBGE) - Ministry of Planning, Budgets and Management (Scale 1:5000000)

UCs federais por bacia hidrográfica no Brasil

 

Este cômputo apresenta a quantidade total de Unidades de Conservação federais no Brasil por bacia hidrográfica (nível 2). As Unidades de Conservação incidentes em mais de uma bacia, são computadas em cada uma das ocorrências, assim a somatória simples não reflete o número total de Unidades de Conservação. As bacias com maior ocorrência de UCs são as bacias do Oceano Atlântico – que abrange inclusive quase toda a extensão do litoral brasileiro -  e dos rios Madeira, Negro e Purus, na Amazônia Legal. Entretanto, evidentemente esta análise deve relevar a extensão comparativa das bacias. 

 
Drainage Basin Qty Sustainable Use CAs Total Area Sustainable Use (ha) Qty Full Protection CAs Total Area Full Protection (ha)
Araguaia 1 17.658 1 558.559
Cuiaba 0 0 2 71.755
Doce 1 1.441 7 78.687
Foz do Amazonas 7 1.078.718 0 0
Grande 4 1.778 2 139.503
Guaiba 3 3.274 3 3.781
Gurupi 2 30.504 1 156.204
Iguacu 1 4.393 2 186.778
Itajai 2 5.484 1 57.236
Jaguaribe 1 39.123 2 24.831
Japura 1 144.761 1 832.271
Jari 0 0 2 1.797.148
Jatapu 2 254.943 1 945.796
Jequitinhonha 1 7.397 2 107.205
Jurua 7 2.433.396 1 840.617
Jutai 3 353.840 1 287.440
Litoral AL, PE e PB 2 6.333 3 11.050
Litoral AP 1 454.957 4 2.034.587
Litoral CE e PI 2 1.241 2 12.852
Litoral ES e BA 2 35.372 7 88.308
Litoral Nordeste MA 3 182.952 1 147.542
Litoral Noroeste MA 4 79.777 0 0
Litoral Norte RN 0 0 1 8.533
Litoral PA 15 632.791 0 0
Litoral PB e RN 2 5.948 1 4.359
Litoral RJ 1 505 8 155.535
Litoral RS 0 0 2 65.353
Litoral RS e SC 1 856 4 54.089
Litoral SP, PR e SC 1 1.091 5 146.848
Litoral Sul ES 1 451 3 28.479
Madeira 15 5.018.367 14 6.699.840
Mearim 0 0 1 138.346
Miranda 0 0 1 43.503
Negro 6 3.741.336 10 6.139.557
Oceano Atlântico 23 804.081 23 12.153.109
Oiapoque 0 0 2 1.043.321
Para 1 18.108 0 0
Paraguacu 1 10.050 1 153.146
Paraguai Alto 0 0 1 28.134
Paraguai Baixo 0 0 1 33.796
Paraguai Medio 0 0 2 108.510
Paraiba 1 117 0 0
Paraiba Do Sul 2 405 4 35.189
Parana D1 0 0 1 3.833
Parana D3 0 0 1 12.096
Parana Esq 0 0 2 73.838
Paranaiba A1 0 0 1 13.016
Paranaiba A3 3 11.835 2 29.348
Paranaiba B1 0 0 1 129.647
Paranapanema 3 8.208 3 32.420
Pardo 2 47.521 3 53.587
Parnaiba Alto 0 0 3 1.422.840
Parnaiba Baixo 1 22.534 1 6.321
Parnaiba Medio 1 173 2 257.586
Paru 1 216.652 1 66.811
Piranhas 1 219 1 1.128
Purus 13 6.664.646 5 2.594.844
Ribeira 2 1.155 2 21.167
Rio De Contas 1 11.257 2 27.420
Sao Francisco Alto 1 204 5 165.932
Sao Francisco Medio 1 12.890 5 785.550
Sao Francisco Sbm 1 3.017 6 256.723
Tapajos 11 4.699.641 6 3.353.816
Tiete 3 5.752 0 0
Tocantins 9 662.451 8 1.354.991
Trombetas 1 190.867 1 410.649
Uruguai Nacional 3 2.250 3 42.576
Vaza Barris 2 7.649 3 46.002
Xingu 8 3.391.472 4 4.141.928

 

Conservation Areas located in more than one drainage basin are computed for each basin: consequently the combined total occurrences exceed the total number of existing Conservation Areas.


SOURCE: Instituto Socioambiental/Protected Areas Monitoring Program - SisArp (Protected Areas System) - 10/01/2019. Based on the cartographic database of Conservation Areas produced by ISA and the drainage basin database of the National Water Agency - Ministry of the Environment (Scale 1:1000000; level 2 basins).

UCs federais por fitofisionomia no Brasil

Este cômputo apresenta a quantidade total de Unidades de Conservação federais no Brasil por fitofisionomia, ou seja, caracterização do tipo de cobertura vegetal originária (IBGE). UCs incidentes em mais de uma fitofisionomia são computadas em cada uma das ocorrências de fitofisionomia, assim a somatória simples não reflete o número total de Unidades de Conservação existentes. Estes dados podem contribuir para a avaliação do desenho estratégico de conservação através de áreas protegidas e de suas possíveis lacunas. 

 
Phytophysiognomy Qty Sustainable Use CAs Total Area Sustainable Use (ha) Qty Full Protection CAs Total Area Full Protection (ha)
Campinarana 1 179.931 5 672.100
Contato Campinarana-Floresta Ombrófila 4 608.540 8 2.685.543
Contato Floresta Ombrófila-Floresta Estacional 1 46.838 2 19.052
Contato Savana Estépica-Floresta Estacional 1 145 4 100.367
Contato Savana-Floresta Estacional 7 77.471 18 1.239.893
Contato Savana-Floresta Ombrófila 10 432.731 11 1.821.036
Contato Savana-Floresta Ombrófila Mista 0 0 1 5.769
Contato Savana-Formações Pioneiras 2 11.302 11 1.898.382
Contato Savana-Savana Estépica-Floresta Estacional 0 0 1 77.806
Estepe 1 1.618 4 50.913
Floresta Estacional Decidual 6 58.667 6 569.635
Floresta Estacional Semidecidual 4 665 14 434.293
Floresta Ombrófila Aberta 36 9.113.218 22 8.346.831
Floresta Ombrófila Densa 71 18.898.139 65 16.018.479
Floresta Ombrófila Mista 8 16.521 10 103.313
Formações Pioneiras 26 1.026.205 13 1.417.422
Refúgio Vegetacional 0 0 3 224.804
Savana 13 116.391 26 2.325.908
Savana Estépica 6 22.773 14 686.226

 

Conservation Areas from the APA category (Protected Environmental Area) are not included in this calculation.


SOURCE: Instituto Socioambiental/Protected Areas Monitoring Program - SisArp (Protected Areas System) - 10/01/2019. Based on the cartographic database of Conservation Areas produced by ISA and the phytophysiognomy database of the Brazilian Institute of Geography and Statistics (IBGE) - Ministry of Planning, Budgets and Management (Scale 1:5000000)